Ouça o post

Já falamos na nossa outra postagem (Como a segurança eletrônica pode proteger a sua família e o seu negócio) sobre a importância dos sistemas de segurança eletrônica. Hoje, vamos te mostrar alguns cuidados que você precisa tomar antes de escolher esses sistemas. Bora lá!

1º Entendendo a sua necessidade

Antes de tudo, faça um mapeamento do terreno e do local onde o seu sistema de segurança eletrônica será instalado, afim de identificar pontos de vulnerabilidade da sua casa ou empresa. Se possível, peça que um profissional treinado faça essa avaliação. Ele tem uma visão treinada para encontrar locais de vulnerabilidade e vai apontar sistemas que funcionem de maneira integrada.

2º Modelo dos equipamentos

Você conhece os modelos dos equipamentos? Na segurança eletrônica, um equipamento pode ter diversos modelos, cada um com sua função especifica, sendo assim, é de extrema importância que você saiba quais os melhores para a sua situação.

Em nosso E-book “Entenda como funciona os principais sistemas de segurança eletrônica” você vai conhecer os principais modelos de equipamentos de segurança eletrônica, assim conseguindo identificar quais os melhores para sua necessidade.

3º Durabilidade e Garantia

Sistemas de segurança eletrônica são um investimento, sendo assim, buscar por empresas que forneçam produtos com boa durabilidade e garantia é essencial para evitar dores de cabeça no futuro.

4º Utilização de aterramento e Nobreak

Como disse acima, sistemas de segurança eletrônica são um investimento, e por isso é importante realizar a proteção dos mesmos contra oscilações energéticas. Uma descarga elétrica pode ocasionar a queima de um ou vários equipamentos. Para contornar isso, são utilizados Nobreaks e aterramento que seguram grande parte da descarga elétrica, não deixando que ela chegue diretamente nos equipamentos.

Além disso, o Nobreak faz com que os sistemas continuem operantes por um tempo, mesmo que não tenham fornecimento de energia.

5º Proteção da Infraestrutura

É importante também que seja feita a proteção da infraestrutura dos seus sistemas. Eventos climáticos como a chuva ácida e o sol excessivo, podem destruir os equipamentos e o cabeamento rapidamente.

Também é importante manter centrais como PABX e DVR escondidos, dificultando o acesso de um possível invasor a eles.  

6º Integração dos Sistemas

Você também precisa ficar atento aos sistemas a serem utilizados e a forma em que eles serão integrados. Cada sistema possui uma função, como: Monitorar, alarmar e proteger. Garantir que eles funcionem em conjunto, aumenta a efetividade dos mesmos. Abaixo um diagrama explicando melhor o que queremos dizer quando falamos de integração dos sistemas.

7º Profissionais de confiança

Escolha profissionais de confiança para realizar a implantação dos seus sistemas! Procure por empresas que já possuem autoridade na sua cidade.

Esse foi o artigo de hoje! Quer entender mais sobre sistemas de segurança eletrônica? Baixe o nosso E-book grátis: Entenda como funcionam os principais sistemas de segurança eletrônica de forma simples!

Dúvidas? Comente aqui em baixo!


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Olá!
Podemos te ajudar?
Powered by